5 de Outubro – Dia da Ave

19 10 2010

“5 de outubro é festejado o Dia da Ave. Saiba por que o Sabiá se tornou nossa ave nacional e conheça as aves que representam outros países.”

***Para mim, as aves simbolizam a liberdade, elas devem ser livres, possuem um papel muito importante na natureza, de espalhar sementes pelo solo, gerando as árvores de diferentes espécies que hoje habitam nosso plantea Terra. Eles ajudaram a construir nosso pulmão do mundo!

Dia das Aves – 05 de Outubro

Desde 1968 o Brasil comemora no dia 5 de outubro o Dia da Ave. Minha terra tem palmeiras, tem 1.677 espécies de aves e tem o Sabiá como Ave Nacional.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, atendendo exposição de motivos dos ex-ministros Euclides Scalco, Secretário Geral da Presidência da República, do ministro Paulo Renato, da Educação, e do ministro José Carlos Carvalho, do Meio Ambiente, assinou dia 03 de outubro de 2002, decreto fazendo do Sabiá (Turdus rufiventris) o mais novo símbolo nacional oficial, representando a fauna ornitológica brasileira.

O decreto que regulou o assunto foi publicado no Diário Oficial da União no dia 04 de outubro (seção 1, página 35) revogando o decreto 63.234, de 12 de setembro de 1968: manteve as comemorações do Dia Nacional da Ave, com cunho eminentemente educativo, no dia 5 de outubro e escolheu o Sabiá (Turdus rufiventris) como centro destas festividades.

Ave do Povo

O Sabiá (Turdus rufiventris) foi a espécie escolhida pela popularidade que exerce na cultura e no folclore brasileiros. A sugestão inicial partiu da Associação de Preservação da Vida Selvagem, presidida por Johan Dalgas Frisch, e que tem como diretores os jornalistas Rogério Marinho e Ciro Porto. Em 1987, no governo José Sarney, o Sabiá passou perto de se tornar a Ave Nacional. Um erro de redação no decreto, assinado pelo então ministro da educação, Jorge Bornhausen, acabou atrapalhando: o nome científico da ave – Turdus rufiventris – não foi citado.

Aves Nacionais de outros países

Na mitologia grega as aves tiveram importância extraordinária e os povos antigos tinham aves que eram literalmente adoradas. As aves típicas de cada região do mundo se identificam com as populações, com seus costumes e suas crenças. Elas acabam fazendo parte da cultura e das crenças de muitos países.

Cada nação, entre seus símbolos nacionais – como o Hino e a Bandeira – têm também uma ave típica para representá-la. Uma espécie de ave, que pela beleza e pela característica da região, se entranha no espírito de sua gente. Assim, por exemplo, a Andorinha (Hurunda rústica) é a ave nacional da Áustria, pois essa andorinha é a expressão da liberdade de seus poetas e músicos.

A Cotovia (Alauda arvensis) que canta lidamente em pleno mergulho, é a ave nacional da Dinamarca. O Uruguai tem no Federal (Amblyramphus holosericeus) sua ave nacional,pois é uma ave que a cabeça vermelha como um soldado em alerta na guarda de suas terras. A ave nacional da Argentina é o nosso João-de-Barro, lá conhecido como Hornero (Furnarius rufus) pois sabe se proteger do
vento minuano e de inverno rigoroso construindo seu ninho de barro.

A ave nacional da Alemanha é a Cegonha (Ciconia ciconia) e da Grã-Bretanha é o Robyn (Erithacus rubecula) que inspirou com seu canto Shakespeare em Romeu e Julieta. Assim, cada país tem, desde há muito, sua ave nacional,fato que o Brasil só conseguiu agora em outubro de 2002.

Segundo Jacques Viellard, professor da Unicamp e membro da Academia Brasileira de Ciências, a escolha do Sabiá como Ave Nacional foi a melhor. O Sabiá é muito popular e bem conhecido por seu canto maravilhoso. Este canto bem variado ilustra a alma brasileira: alegre ou cheia de saudade. Já o escritor baiano Jorge Amado, quando vivo, em telegrama enviado a Johan Dalgas Frisch, em setembro de 1989, foi categórico:”Desejo manifestar meu integral apoio à campanha para que o Sabiá seja
definitivamente consagrado como Ave Oficial do Brasil”.

***Pesquisei para vocês matérias muito interessantes sobre aves usadas na pintura como inspiração de muitos, é o Caso do Joacilei Lemos que se dedicou nessa bela arte. Confira abaixo!

Pinturas

No Mato Grosso do Sul, no Brasil ou no exterior, as araras azuis são um dos animais mais utilizados como objetos de pintura. Como são aves belíssimas, cativantes e encantadoras, se prestam muito bem como modelos para os mais variados artistas. Aqui, vamos mostrar um trabalho feito pelo Joacilei Lemos Cardoso, que começou a pintar araras azuis em 1995 depois de conhecer Neiva Guedes, atualmente sua esposa.

Caso algum artista queira expor o seu trabalho através deste canal, envie o seu material em arquivo digital para o e.mail projetoararaazul@gmail.com

Abaixo, Joacilei com suas telas na exposição do Loro Parque em 2002.
Foto: Mark Stafford

Joacilei Lemos Cardoso

Apesar de ter nascido em Irecê-BA, Joacilei reside em Campo Grande desde bebê. Hoje, com 47 anos (2007) ele se considera um Sul Matogrossense, estado do qual gosta muito, principalmente pelas belezas naturais.
Joacilei diz que sempre gostou de pintar e começou os primeiros rabiscos ainda criança. Autodidata, nunca frequentou um curso de pintura muito menos teve uma educação artística formal, mas sempre foi muito observador e se interessou em pintar quadros. Quando jovem pintou paisagem, pessoas e natureza morta. Depois ficou mais de 20 anos sem pegar nos pincéis, dedicando-se ao comércio, profissão herdada de seus pais.

Voltou a pintar em 1995, quando conheceu Neiva Guedes, a coordenadora do Projeto Arara Azul/UNIDERP. Desde então, passou a contribuir com o Projeto e suas pinturas passaram a fazer parte da divulgação, para conservação das araras-azuis, em diversos materiais como logotipo, publicações, bonés, camisetas e outros.

Pintando apenas nas horas vagas e como passatempo, Joacilei expandiu para outras aves, mamíferos e répteis da fauna brasileira. Seu tema principal é o Pantanal, Continue Lendo…

—————————————————————————————————————–

Cordel em homenagem as aves

***Quem quiser baixar o cordel em pdf do excelente poeta Luciano, só clicar aqui!. Estes versos fazem parte dos 12 publicados pela academia durante o ano. Foram pedidos por Jacson Nuvens do IBAMA, para ajudar na Campanha de Educação Ambiental, visando conscientizar a população para a proteção da fauna.

—————————————————————————————————————–

***Aqui vai uma música linda que marcou minha infância e fala do passarinho, nossos amiguinhos livres. Como diz a música, queremos ter sempre eles por perto conosco, mas não podemos prendê-los nunca. Se tiver canários em sua casa, calopsitas lindas ainda com asas sem cortar, solte-as! Não aprisione um passarinho! Quando eu era criança eu tive m passarinho que durou exatamente 13 anos dentro de uma gaiola. Ele morreu de velhice, mas depois dele nunca mais quis prender nenhum passarinho. Me arrependo amargamente por deixá-lo viver em uma gaiola vendo outros pássaros voarem no céu. Eu errei e me arrependo muito por isso! Eu jamais gostaria de viver em uma prisão, eu entraria em depressão, eu ficaria louca, eu seria solitária para todo o sempre…Hoje sou contra esse tipo de ato, e discuto com quem pratica esse ato cruel. Entendo que fiz isso quando criança, pois via adultos fazerem e era uma influência grande para mim, ninguém havia me ensinado o contrário, das consequências que trazia para o pobre passarinho. Hoje me coloco no lugar de todos, e do passarinho que viveu trancado na gaiola de casa. Hoje uso aquela gaiola, para recuperar vida de filhotes de pardal que caem em meu quintal machucados. Eles só ficam nela para se recuperar. Depois de bons, solto com grande alegria em vê-los voar livres!!! Se você é criança, e diariamente presencia cenas de passarinhos aprisionados, denuncie para o IBAMA, impeça esse ato criminoso! Seja a favor da liberdade! Seja a favor da vida!

Um grande Abraço!

by EuAmoANatureza

——————————————————————————————————————

Esse vídeo é de Crombie – O Passarinho e sua esperança! Linda canção.

Bibliografia:

http://intranet.meioambiente.ba.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=7305:texto-teste&catid=71:dicas-e-curiosidades&Itemid=168 FONTE: http://www.revistaecotour.com.br/novo/home/default.asp?id=1056&tipo=noticia
http://www.projetoararaazul.org.br/arara/Home/Galeria/AArtecomasararas/Pinturas/tabid/288/Default.aspx
http://www.ibama.gov.br/cemave/download.php?id_download=229
Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: