Significados dos Latidos do seu cãozinho

15 12 2010

As dicas informam o tipo do latido, porque ele ocorre, como agir e como não agir. Leia atentamente e veja se seu cão tem comportamentos parecidos e saiba como agir nessas horas.

Late de madrugada

Por que ele faz isso: Na calma da noite, o cachorro fica mais atento a pequenos barulhos. Ele sabe que estamos dormindo e se sente responsável pela segurança.
Como agir: Por mais que custe acordar no meio da noite, seu cachorro precisa levar uma bronca, nem que seja pela janela.
O que evitar: Levantar e ir até ele só piora a situação.


Chora se fica sozinho
Por que ele faz isso: Esse choro é um sinal da “ansiedade da separação”, que causa muita angústia no bicho.
Como agir: Se ele for do tipo “sombra”, que segue você pela casa, ensine o comando “fica” (elogiando os acertos com petiscos). Use essa estratégia todos os dias. Quando estiver na sala e for até a cozinha, por exemplo, diga “fica”. O cão dorme no seu quarto? Habitue-o a dormir na sala. Ao sair de casa ou voltar, não pegue o bicho no colo. Quando ele ficar sozinho, deixe brinquedos e permita acesso livre aos locais da casa que tenham seu cheiro, como o sofá e a cama. Outra saída é manter a TV ou o rádio ligados.
O que evitar: Diga não às coleiras antilatido. Elas têm um mecanismo automático que dá bronca em forma de vibração, spray ou estímulo elétrico, mas não servem para casos de ansiedade da separação. O animal para de latir, mas passa a se automutilar.


Uiva à noite
Por que ele faz isso: Os cães herdaram esse comportamento instintivo dos lobos, que uivam para reunir o grupo. Se o seu cachorro uiva muito, pode estar sofrendo de tédio ou solidão.
Como agir: Proporcione mais atividades e faça-o se sentir mais “em casa” e próximo das pessoas. Isso costuma resolver o problema.
O que evitar: Não o deixe preso (no canil, no terraço ou na área de serviço) por muito tempo.


Rosna para a campainha
Por que ele faz isso: É um comportamento típico de raças de alerta (como o poodle e o fox paulistinha).
Como agir: É preciso treiná-lo. Peça a alguém que toque a campainha. Fique preparada, ao lado do cachorro. Se ele não latir, dê um petisco; se latir, diga “não” em tom de bronca.
O que evitar: Treiná-lo apenas às vezes ou só quando vierem visitas. Não vai funcionar…


Late para chamar atenção
Por que ele faz isso: Ele aprendeu que ao latir para o dono, ele ganha colo, carinho, atenção ou petiscos.
Como agir: Jamais satisfaça a vontade do cachorro durante os latidos. Espere que ele fique quieto e só então o atenda. Ele está se esgoelando para ganhar petisco? Diga “senta” e só dê o prêmio quando ele parar de latir e sentar. A bolinha dele rolou para debaixo do sofá? Deixe-a lá até ele parar de latir.
O que evitar: Ceder é reforçar o comportamento. Logo o Totó aprende que, latindo, consegue tudo! Tenha paciência e aguente firme.



Bibliografia:

http://www.tutomania.com.br/saiba-mais/entenda-o-significado-do-latido-do-seu-cao
Anúncios

Ações

Information

3 responses

15 12 2010
monique futscher

Os meus cachorros uivam somente de sexta para sábado!!!!rsrsrsrsrs

15 12 2010
sahcmira

hahahah imagino! putz, justo no final de semana? kkk bjos amiga!

16 12 2010
cintia

adorei isso!
meu cãozinho já é idoso e tem sindrome do abandono – muitos cães tem esses sintomas na terceira idade – e ele chora muito qdo fica sozinho… ãim!!!

bjs!
cintia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: